O REPLICADOR

Junho 01 2009

 Hoje, de forma muito simplificada e redutora, vamos levantar a hipótese que a vida em sociedade é como o futebol: o objectivo de cada individuo é ganhar, no entanto ninguém, por melhor que seja, consegue fazê-lo sem os seus parceiros de equipa, seja para guardar a baliza, defender ou marcar golos. Um aristocrata, por mais rico e poderoso que seja, está sempre ligado por jogos de interdependência aos outros elementos da sociedade: precisa de comer, de utilizar as estradas que não construiu, pode vir a precisar de serviço de emergência médica... Agora vamos imaginar que o futebol, como o conhecemos hoje, representa o paradigma de uma sociedade liberal: há interdependência entre jogadores, mas uns são mais talentosos que outros e trabalham mais, logo marcam mais golos ou destacam-se mais na sua tarefa, que seja guardar a baliza ou a conter os jogadores adversários. Vamos agora tentar imaginar o que seria um mundo do futebol socialista. Numa reunião na sede da FIFA, o presidente convoca vários jogadores da elite e declara: “Senhor Messi, Senhor Ronaldo, Senhor Ibraimovic, vocês de facto são muito bons, mas têm de perceber que queremos manter equipas coesas e igualdade entre os jogadores: a partir de agora só poderão marcar no máximo um golo por jogo, e vamos colocar pesos nos seus tornozelos para os outros defesas vos poderem apanhar mais facilmente. O que é que ia seguir-se? Provavelmente grandes séries de empates a zero, onde se instala o status-quo, mas onde ninguém ganha... Acaba o espectáculo, os sonhos, a adrenalina, os riscos de uma táctica ousada a dar frutos, acaba tudo. O campeonato perde o interesse. Deve deixar-se os jogadores jogar o seu melhor e recompensar os vencedores. O árbitro deve ter o papel mínimo, proteger os jogadores de agressões físicas punindo os que não compram as regras. O resto deve ser entregue à “mão invisível” (ou o pé invisível neste caso).

 

publicado por Alexandre Oliveira às 22:00

Política, Filosofia, Ciência e Observações Descategorizadas
Facebook
pesquisar
 
RSS
eXTReMe Tracker