O REPLICADOR

Maio 25 2009

As ciências ligadas ao evolucionismo parecem estar cada vez mais perto de descobrir o mistério que fascinou inúmeros homens ao longo dos séculos: o orgasmo feminino! Qual será a sua função?  Ao contrário do orgasmo masculino, que está directamente ligado à ejaculação e que funciona, portanto, como incentivo à procriação, o orgasmo feminino não é sistemático, nem necessário para que haja procriação. Os resultados apontados pela psicologia evolutiva vão no sentido de explicar o orgasmo feminino como um mecanismo de avaliação da qualidade do macho. As estatísticas apontam que mulheres têm mais orgasmos com parceiros sexuais mais simétricos, aumentando assim as probabilidades de engravidar de um homem com “bons genes”. Com efeito, as contracções vaginais que se dão no momento do orgasmo teriam o efeito de captar mais esperma dentro do útero. Segundo cientistas, essa era a forma de contracepção natural antes dos preservativos e da pílula. Por outro lado, parece que os homens que mais orgasmos provocam são também os menos fieis e os mais ligados à promiscuidade. Resultados de observações apuraram que quando envolvidas num “affair”, as mulheres tendem a guardar menos esperma do seu marido , após o acto sexual, do que com o amante, sugerindo assim que o orgasmo feminino será um mecanismo subtil de avaliação inconsciente da “qualidade genética” do parceiro sexual. Alguns investigadores levantam então a hipótese de certas mulheres fingirem o orgasmo com o objectivo de não levantar as suspeitas do parceiro sobre as suas eventuais infidelidades.

 

Vou já fazer uma série de abdominais...


publicado por Alexandre Oliveira às 21:51

sou mulher, mas não é por isso que comento. comento porque gostei do blog, gostei dos posts e gotei particularmente deste post e da forma como está escrito. deixa algumas ideias novas e está escrito com muita elegância.
maria do mar a 4 de Junho de 2009 às 17:33

Pessoalmente não me identifico com quase nada do que aqui está escrito. Sou trintona e tive sexo com ...(estou a contar...) 9 homens (demorei 3 minutos :)) . Apenas tive orgasmos com 2 . Os que me foram mais fiéis. Confesso...1 traíu-me e foi um alivio porque foi razão para terminar, o que ele não esperava. Outro deixou-me muitas saudades porque só estivemos 2 vezes e esperava a partir da terceira vir a ter imensos orgasmos . Os restantes 4 foram aventuras tanto para mim como eu para eles. E com estes 6 fingi...fingi muito. Ainda hoje pensam que são uns grandes garanhões, mas não valem grande coisa. Agora é só questão de fazerem as contas. Só 25% me fizeram atingir orgasmos. E fiéis.
Ana a 4 de Junho de 2009 às 18:28

Pois, é preciso ter em conta que nenhuma dessas teorias pretende explicar todos os casos de forma universal... Há sempre centenas de parâmetros que escapam a regra... E se calhar não eram assim tão alpha males", se for o caso, provavelmente tinhas experimentado mais excitação... Também pode depender do contexto, se alguém bater a porta enquanto estiveres muito perto do clímax , é muito provável que tenha efeitos negativos, o orgasmo feminino neste aspecto é muito mais psicológico " que o masculino: o céu pode estar a cair que o homem não liga...

Verdade...Os homens, salvo excepções claro, são pouco inteligentes. Não conseguem perceber que quando uma mulher está quase, quase lá, têm que ficar quietinhos :) e deixar que aconteça...Porque é mesmo isso, se alterarem qualquer coisinha ou mesmo dizer alguma coisa que "irrite" , pronto, está tudo estragado...já não dá :). Nós somos mesmo "esquisitas" !
Não se iludam...Tenho amigas que por mais que tentem não conseguem atingir um orgasmo com um homem, mas fingem.
Ana a 6 de Junho de 2009 às 15:12

Política, Filosofia, Ciência e Observações Descategorizadas
Facebook
pesquisar
 
RSS
eXTReMe Tracker