O REPLICADOR

Novembro 16 2009

Criticar o nosso PR foi já elevado a desporto profissional mas acredito que não devemos abster de o fazer quando tal se torna necessário e proveitoso para demonstrar mais uma vez as mesmas ideias.


O Presidente da República apelou esta manhã ao combate ao conformismo e ao estímulo da ousadia e da ambição nos projectos empresariais, sublinhando que Portugal está ainda longe de ter uma “cultura empreendedora plenamente enraizada”.

 

O estímulo da ousadia, na minha modesta opinião, não é o problema. Continuaremos a ter grandes ousados que perderão grandes fortunas e o contrário, com ou sem as palavras quentes e afáveis do nosso PR. Mais importante que falar, e que bem se fala no nosso governo, se tivesse uma filha até punha a tocar os discursos dos nossos dois grandes para ela adormecer, é criar uma atmosfera que favoreça o empreendorismo.

 

Para tal torna-se necessário resolver uns quantos problemas que o GOP (grand old party, que em Portugal se traduz na dualidade PS-PSD) não quer aderessar seriamente:

-Um país com um sistema jurídico lento e ineficaz, como apontou o Filipe no post anterior, não atrai empresários que não querem ver os seus contratos violados sem compensação;

-Um país burocrático e caro em que se tropeça num imposto a cada passo não apela à ousadia que vê nele demasiados problemas para um proveito duvidoso;

-A política de subsídiar a inacção certamente não leva as pessoas a procurar novas vias de subsistência;

-A política de "cunhas" não só torna mais complicada a competitividade das empresas como desmotiva seriamente aqueles que não têm acesso às primeiras;

 

Por vezes pergunto-me se o que digo é tão bizarro que não se pense nas cadeiras do parlamento. E depois oiço o Medina Carreira a protestar contra a demagogia, obras públicas, segurança social, justiça, etc etc, e já não me sinto sozinho.

 

Edit: Eu sei que ele se parece com um velho a gritar com as crianças para deixarem de brincar no seu jardim mas no processo acaba por fazer as perguntas certas e proporcionar um bom entertainment.

 

publicado por João Rodrigo às 12:02

Política, Filosofia, Ciência e Observações Descategorizadas
Facebook
pesquisar
 
RSS
eXTReMe Tracker