O REPLICADOR

Junho 09 2009

As eleições europeias revelaram-se uma derrota fulminante para praticamente todas as esquerdas de poder europeias. Numa altura de crise, onde a esquerda gritou aos sete ventos que a culpa era do neoliberalismo, o povo europeu responde em uníssono a votar à direita. Resta dizer duas coisas: que a cantiga do neoliberalismo já não convence ninguém e que, boas notícias,  afinal há vitalidade nesta Europa.

 

publicado por Filipe Faria às 00:25
Tags:

Política, Filosofia, Ciência e Observações Descategorizadas
Facebook
pesquisar
 
RSS
eXTReMe Tracker